Publicado em

Estufado de ervilhas amarelas e abóbora

Estufado de ervilhas amarelas e abóbora

Uma concha de estufado aquecido com especiarias e gengibre e engrossado com os próprios ingredientes saudáveis é o tipo perfeito de refeição para um estomagozito esfomeado que está a perder a favor de uma barriga em crescimento. Quando existe uma grande procura por espaço, uma taça deixá-la-á cheia sem que fique a abarrotar. Se ainda tiver algum espaço extra, o pão naan torrado fica excelente com este estufado e um pouco de iogurte natural apimentado com um pouco de gengibre acabado de ralar acrescenta ainda mais suculência. E para um valor nutritivo ainda maior, posso confirmar que não há melhor do que uma sandes de queijo gouda defumado grelhado num pão crocante de cereais integrais. O próprio estufado contém nutrientes saciantes, incluindo proteína vegetal, potássio e muita fibra, todos eles bons para si e para o seu docinho em crescimento.

Rende 6 porções:

  • 2 colheres de sopa de azeite extra-virgem
  • 1 colher de chá de sementes de cominhos
  • 1 chalota grande, picada
  • 4 dentes de alho, picados
  • 1 (5 cm) pedaço grande de gengibre fresco, descascado e ralado finamente com um ralador (1¹⁄2 colher de chá)
  • 1 batata Yukon dourada média, com casca, aos cubos pequenos
  • 1 cenoura grande, aos cubos pequenos
  • 8 chávenas/1,9 l de caldo de galinha (página 247, ou comprado, com baixo teor de sódio)
  • 1 lata (425 g) de puré de pura abóbora (não o puré de abóbora para recheio de tartes) (ou 1³⁄4 chávena/429 g de puré fresco de abóbora)
  • 1 chávena/226 g de ervilhas amarelas
  • ¹⁄2 colher de chá de coentros em pó
  • ¹⁄2 colher de chá de cominhos em pó
  • ¹⁄2 colher de chá de sal marinho fino
  • ¹⁄2 colher de chá de pimenta preta acabada de moer
  • ¹⁄2 chávena/15 g de folhas de coentros frescos, picadas

Aqueça o azeite numa panela de ferro grande, em lume médio-alto. Quando o azeite estiver quente, junte as sementes de cominhos e frite-as durante cerca de 30 segundos. Junte a chalota, o alho e o gengibre e salteie durante dois minutos, ou até a chalota amolecer muito ao de leve e cheirar tudo muito bem.

Adicione a batata e a cenoura e cozinhe-as durante cinco minutos, mexendo sem parar e usando uma colher de pau para raspar a crosta que se for formando no fundo devido aos amidos da batata.
Devagar, salpique com 1 chávena/237 ml de água e raspe eventuais pedacinhos do fundo da panela à medida que a água for crepitando e evaporando. Junte o caldo e a abóbora. Caso necessário, use um batedor para eliminar os grumos da abóbora. Acrescente as ervilhas, os coentros, o sal e a pimenta.

Aumente o lume para médio-alto e deixe o líquido ferver, o que demorará cerca de 10 a 15 minutos. Depois reduza para lume médio e deixe ferver brandamente durante 60 a 90 minutos, ou até as ervilhas ficarem tenras e tiverem engrossado o estufado substancialmente. Certifique-se de que a sopa não levanta uma fervura muito forte, o que faria evaporar demasiado líquido antes de os vegetais e as ervilhas terem tempo de amolecerem.

Misture os coentros, retifique o tempero ao seu gosto e sirva.

Deixe arrefecer as sobras e depois conserve no frigorífico, num recipiente fechado hermeticamente, até cinco dias, ou congele até seis meses. Descongele no frigorífico de um dia para o outro, ou apenas o suficiente para retirar o bloco congelado para dentro de uma caçarola. Adicione algumas colheres de sopa de água, tape a caçarola e mantenha-a em lume médio. Deixe ferver brandamente até aquecer por completo.

NUTRIÇÃO POR PORÇÃO (1¹⁄2 CHÁVENA/360 G)
Calorias 306 | Total de gorduras 8 g (saturadas 1 g, polinsaturadas 1 g, ómega 3 0,07 g, DHA 0,00 g, EPA 0,00 g, Mono 5 g) | Colesterol 0 mg | Proteína 18 g | Sódio 295 mg | Hidratos de carbono 44 g | Fibra 16 g | Açúcares 5 g | Vitamina A 543 mcg | Vitamina B6 0 mg | Vitamina B12 0 mcg | Vitamina C 13 mg | Vitamina D 0 IU | Colina 13 mg | Folato 6 mcg | Cálcio 51 mg | Ferro 3 mg

Veja esta e outras receitas no livro: Barriga Feliz

Publicado em

Especial Receitas Open Day Self

day

O Open Day prometia ser um dia longo e muito inspirador. E como tem vindo a ser um hábito neste Outono, um dia cheio de sol. Uma das vantagens de ir para a SELF trabalhar é saber que ao longo do caminho temos o mar e a praia a desejarem-nos um bom dia. Existe melhor? Talvez! Mas eu gosto especialmente desta forma.

Ao longo do dia passaram pelo espaço mais de 30 pessoas. No almoço estiveram cerca de 20. Tão bom! Adorei! Para elas planeei receitas saborosas onde tentei excluir ao máximo produtos de origem animal, com lactose, glúten e açúcar. Assim, todos puderam experimentar. E constatar que mesmo sem estes produtos, que tão classicamente abundam na alimentação mais convencional, é possível executar receitas cheias de sabor, saudáveis e que contribuem significativamente para a nossa saúde e leveza de consciência.

dayA dar as boas vindas preparei chás e águas aromatizadas. Trufas de figo, amêndoa e pêra. E um sorriso….

Mais tarde, a mesa deu lugar a duas entradas. Creme de pimento vermelho e alecrim que fez as delícias de quem experimentou. Húmus de couve-flor. Que para além de bom e ligeiramente picante despertou a curiosidade de muitos.

No momento fizemos o prato. No tacho. Optei por trazer um prato de Outono. Com produtos e sabores da época. O tacho fez reviver tempos idos. Mas não um tacho qualquer. Foi vestido para a ocasião. Dentro do dito cujo, estava um estufado de feijão branco com cogumelos (secos) e espinafres. De lamber os beiços.

Para finalizar partilhei com todos duas receitas de sobremesas sem açúcar, glúten e lactose. Mousse de Abacate e Cacau. Mousse de Lima. Muito sabor.

Muito obrigada pela vossa, presença, participação, entusiasmo, partilha e boa disposição.

A todos os outros que não puderam estar presentes ou que não tiveram conhecimento desta iniciativa. Espero por vocês no próximo evento.

Até lá. Tal como prometido, aqui vão as receitas de que levei para o Open Day da Self.

SNACK

day

Trufas de Figos, Amêndoa e Pêra

400g Figos secos
200g Amêndoas
50g Pêra desidratada
2 cl. sopa óleo de coco
1 cl. sb. Canela
Cacau

Coloque de molho os figos durante 1 dia ou 1 hora em água morna. Escorra. Coloque no processador. Triture. Junte as amêndoas. Triture. Junte pêra desidratada. Triture. Junte o óleo de coco e a canela. Triture. Retire do processador. Numa tigela amasse. Com as mãos. Força! Faça uma bola. Tape a tigela com película. Reserve no frigorífico 30/40 min. Num prato coloque o cacau. Retire a massa do frigorífico e comece a fazer bolinhas. Envolva uma a uma pelo cacau. Depois de feitas leve novamente ao frigorífico.

ENTRADA
day Creme de Pimento vermelho e Alecrim

4 Pimentos Vermelhos grandes
200g Sementes de girassol
1 Sumo de Limão
1 cl. café Pimenta Caiena
Sal

Topping: Alecrim

Assar Pimentos. Depois de assados retirar pele e grainhas. Reservar. Torrar sementes com pimenta e sal numa frigideira. Num copo liquidificador juntar os pimentos, sementes de girassol e o sumo de limão. Bater até obter um creme. Rectificar sabores. Colocar frasco decorado com raminho de alecrim.

dayHúmus de Couve-flor

1 Couve-flor
1/2 limão espremido
1/2 dente de alho pequeno
1 col. sopa de tahine
4 col. sopa de azeite
Azeite (assar)
Água (apenas se necessário)
Sal

Topping : Pimenta Caiena e Cebolinho

 

Corte a couve-flor e coloque-a numa assadeira. Espalhe azeite e sal sobre ela e leve ao forno aproximadamente 45 minutos. Retire. Deixe arrefecer. Depois de fria coloque a couve-flor assada no liquidificador. Triture. Acrescente os restantes ingredientes. Sumo de limão, alho, tahine, azeite e sal. Triture. Se estiver difícil de obter um creme/pasta acrescente um pouco de água. Decorar com Pimenta Caiena e Cebolinho.

 

PRATO

day

Estufado de feijão branco com cogumelos e espinafres

450g Feijão Branco
50g Mix Cogumelos desidratados
200g Espinafres
2 Cebolas
4 dentes de Alho
Azeite
1 cl. chá cominhos
1 Malagueta
1 cl. sb. Tomilho limão
Pimenta
Sal
Boneca: Alho francês, salsa, aipo

Demolhar o feijão por 24 horas. Levar a cozer durante 1 hora ou até verificar estar cozido. Coar o feijão. Fever novamente a água do feijão com a boneca de legumes. Reservar 1 litro desse caldo. Num recipiente cobrir os cogumelos secos água tépida e aguardar que hidratem. 10 minutos é o suficiente. Num tacho largo. Refogar em azeite a cebola e o alho picados. Quando estiver cozinha, translúcida, juntar os cogumelos escorridos. Atenção: Reservar a água. Saltear os ditos cujos. Temperar com um pouco de sal e pimenta moída no momento. Vamos juntar o feijão? Vamos a isso! Juntar o feijão. Temperar novamente com um pouco de sal e pimenta e juntar também os cominhos. Envolver. Adicionar o caldo do feijão (cerca de 1 Lt.) e a água dos cogumelos. Envolver tudo. E aguardar….aguardar….aguardar…Mexer de vez em quando provar. Rectifique os temperos se necessário. A meio da cozedura junte o tomilho. Quando o molho começar a ficar mais espesso e o feijão a ficar bem mais cozido. Já está. Deixe ficar a repousar fora do lume, tapado pelo menos 30/40 min. No próprio dia é bom…no dia seguinte…está fantástico.

 

SOBREMESA

dayMousse de Abacate e Cacau
(Para 30 shots)

6 Abacates
3 Bananas
12 col. sp. de Cacau em pó
12 col. sp de Manteiga de amendoim/amêndoa
6 col. sp. de Mel ou outro xarope (opcional)
Flor de sal
Physalis

Um a um vá colocando todos os ingredientes (excepto a flor de sal) num liquidificador. Abacate. Triture. Banana. Triture. Cacau. Triture Manteiga de amendoim. Mel ou outro xarope. Triture. Triture tudo muito bem até ficarem com uma consistência macia. Envolva no final com flor de sal. Coloque numa taça ou divida por taças e coloque-as no frigorífico durante 30 minutos.
No final decore com Physalis.

Mousse de Lima

Crosta:

100g Amêndoas
100g Flocos de Aveia
1 cl. sb. Canela
2 cl. sp. de Mel

Recheio:

1 1/2 chávena de Caju Cru
1/3 chávena de Óleo de Coco
1/2 chávena de Leite de Coco
1/2 Chávena de Mel
1 Lima (sumo e raspa)

Para decorar: Amoras e Coco ralado

Num tabuleiro forrado a papel vegetal ou num pirex coloque a aveia e as amêndoas misturando bem a canela e o mel. Leve ao forno virando de vez em quando. Retire quando começar a ficar tostadinho. Deixe arrefecer. Triture até virar pó. Em tigelas individuais ou numa tigela plana coloque a mistura. Espalme bem com as mãos ou com a ajuda de uma espátula. Leve ao frigorífico.

Vamos ao recheio?
Coloque de molho o caju durante 1 dia ou 1 hora em água bem quente.
Reserve as raspas da lima para o final. Bata todos os restantes ingredientes no liquidificador até obter um creme homogéneo. Envolva o creme com as raspas de lima. Leve ao frigorífico durante uma hora.

Tudo fresquinho? Agora é só despejar o creme sobre a crosta já reservada. Bata levemente a forma contra a superfície para garantir que não fiquem bolhas no interior do recheio.
Levar uma vez mais ao frigorífico. Decorar com as amoras e com coco ralado.